Brasil entra em horário de verão para economizar R$ 7 bilhões

Arquivado em: Entretenimento,Geral |
Imagem ilustrativa - Google

Imagem ilustrativa – Google

O Brasil entrou neste domingo (18), a partir de zero hora, no horário de verão, o que significa que a população tem que adiantar os relógios em uma hora nos estados de Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro; Espírito Santo Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal,  mudança que vai durar até a meia-noite do dia 21 de fevereiro de 2016.
O horário de verão deste ano deverá resultar em uma economia de R$ 7 bilhões em investimentos no setor elétrico. O governo tem a expectativa de que deixarão de ser consumidos 2.610 megawatts. “É um investimento economizado”, justificou o secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Luiz Eduardo Barat.
Para as hidrelétricas, a água conservada nos reservatórios pode ser importante no caso de uma estiagem futura. Para os consumidores em geral, o combustível ou o carvão mineral que não precisou ser usado nas termelétricas evita ajustes tarifários.
O horário brasileiro de verão é regulamentado pelo Decreto 8.112, de 30 de setembro de 2013, que revisou o Decreto nº 8.556, de 8 de setembro de 2008. Ele começa sempre no terceiro domingo do mês de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro do ano subsequente, exceto quando coincide com o carnaval, caso em que é transferido para o domingo seguinte.

Fonte: Marieta Cazarré – Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *