Crack está presente em 60% das cidades piauiense, aponta confederação

Arquivado em: Geral,Piauí |

Imagem Reprodução/Google

Um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Municípios mostra que o crack está presente em pelo menos 60% das cidades do Piauí e esse número pode ser ainda maior. Além de Teresina, cidades como Altos e Campo Maior estão tomadas pela droga.

Em todos esses municípios, a droga circula livremente principalmente entre os jovens e destrói muitas famílias. Só na Comunidade Terapêutica Casa do Oleiro, são 130 jovens que tentam mudar de vida. O problema é tão grave que as vagas foram divididos entre mulheres, adolescentes e também egressos do sistema prisional. O trabalho dá resultado, mas não consegue dar conta da grande demanda.

O diretor José Gouveia explicou que é preciso um apoio maior da sociedade pra oferecer oportunidade a quem sofre com a dependência química. “O melhor caminho é a prevenção. Mas como nós perdemos o controle não podemos olhar para os nossos irmãos que estão sofrendo com essa doença e não fazer nada”, comentou.

Fonte: G1-PI – Leia a matéria completa aqui

Deixe uma resposta