Estado recomenda uso consciente de água em 27 municípios para evitar desabastecimento

Arquivado em: Piauí |

Barragem Poço de Marruás (Francisco Leal)

Em decorrência da forte estiagem que atinge o Piauí, o governador Wellington Dias determinou, nessa quarta-feira (28), o racionamento de água nos municípios das regiões sudeste e sul do estado. O decreto nº 17.231 estabelece o controle no uso de água, por prazo indeterminado, em residências, indústrias e comércios.  
O secretário de Governo, Merlong Solano, explicou que o decreto tem como objetivo orientar e conscientizar a população para o consumo consciente e que a preocupação do Executivo é garantir o abastecimento de água em todo o Piauí. “Isso se faz necessário por causa da seca que se prolonga, visto que tivemos expectativas frustradas de chuvas e a situação tende a se agravar neste segundo semestre. A prioridade será o abastecimento de água para o consumo humano e para os animais, que necessitam de água para a sobrevivência”, reforçou o gestor.
De acordo com Solano, os açudes e barragens que alimentam os sistemas adutores estão operando com menos de 10% da capacidade, o que acaba comprometendo os sistemas de Piaus, Garrincho, Caboclo, Estreito, Ingazeiras e Algodões II. Por isso, a necessidade de adotar este tipo de política de racionalização.
Outras medidas de contingenciamento também poderão ser adotadas, como os rodízios e as suspensões temporárias. “Esses procedimentos serão necessários para compatibilizar a demanda com a oferta, de forma a reduzir os riscos de descontinuidade no fornecimento de água”, afirmou o secretário de Governo.
O decreto assegura que a concessionária responsável pelos serviços de saneamento estadual deverá garantir o abastecimento em escolas, postos de saúde e hospitais; e autoriza a concessionária e os órgãos responsáveis a estabelecer restrições ao uso de água para finalidades não essenciais, podendo bonificar os consumidores que utilizarem menos água que o limite estabelecido. “A intenção é evitar o desperdício de água tratada. Acredito que, com o esforço de todos, vamos conseguir ultrapassar esse momento desafiador”, pontuou Merlong.
Municípios
De acordo com o decreto, fica estabelecido o racionamento de água nos municípios de Jaicós, Curimatá, Júlio Borges, Avelino Lopes, Fartura do Piauí, Francisco Santos, Monsenhor Hipólito, Belém do Piauí, Padre Marcos, Caridade do Piauí, Curral Novo, Jacobina, Simões, Alagoinha do Piauí, Campo Grande do Piauí, Fronteiras, Pio IX, São Julião, Vila Nova do Piauí, Bonfim do Piauí, Coronel José Dias, Dirceu Arcoverde, Jurema, São Braz, São Lourenço, São Raimundo Nonato e Várzea Branca.
Fonte: Celina Honório – CCom