Governador autoriza segunda etapa da Adutora do Litoral

Arquivado em: Geral,Local |

Imagem meramente ilustrativa – google imagem.

O governador Wellington Dias assinou, nesta sexta-feira (26), ordem de serviço para início da segunda etapa da Adutora do Litoral. O encaminhamento foi dado em audiência na Residência Oficial, com o diretor do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Geraldo Magela. O começo das obras está previsto para o próximo mês de junho e previsão de conclusão em 12 meses. Ao todo, serão investidos R$ 58 milhões.
O diretor do Idepi destaca a contribuição que a obra vai oferecer para a ampliação do turismo no litoral piauiense. “A obra vai levar água desde Luís Correia, passando pelo Coqueiro, Macapá, Curupim, Cajueiro da Praia, chegando em Barra Grande, onde, além de melhorar a qualidade de vida da população local, vai estimular o turismo, pois vai dar as condições para novos investimentos como hotéis, resorts e restaurantes no nosso litoral”, pontuou Magela.
O governador Wellington Dias relembra o adiantamento de algumas obras que compõem a adutora. “Nós já estamos com obras praticamente concluídas de captação do Rio Igaraçú, onde é feito o tratamento em Parnaíba, e agora já temos uma etapa que vai em direção a Luís Correia, até o Coqueiro”, explicou Dias.
Outras obras
A autorização da adutora faz parte de um conjunto de obras que deverão ser retomadas após a viagem que Wellington fez à Brasília, no dia 22 deste mês. “Tivemos um bom entendimento com o Ministério da Integração Nacional, que vai nos permitir a conclusão de obras como a Barragem de Atalaia, na região sul do Piauí; retomar obras como a do Tinguis, a obra de Algodões II na região de Cocal e ainda com as condições desse remanejamento, trabalhar a licitação da barragem de Castelo”, adiantou Wellington Dias.

Fonte: Valmir Macêdo e Lorenna Costa – Governo do Piauí.

Deixe uma resposta