Governador discute o desenvolvimento do Porto de Luís Correia

Arquivado em: Geral,Piauí |
Audiência com o Secretário de Mineração, Luís Coelho e DTA Engenharia. (Foto:Jorge Henrique Bastos)

Audiência com o Secretário de Mineração, Luís Coelho e DTA Engenharia. (Foto:Jorge Henrique Bastos)

Foi apresentada ao governador, na manhã desta sexta-feira (20), uma iniciativa pioneira em investimentos de móveis nativos. A apresentação foi por conta do engenheiro João Acácio Gomes, presidente da DTA Engenharia e com a presença do secretário de Mineração, Luís Coelho. Os móveis, produzidos no Piauí serão expostos na Itália e Milão. Na ocasião, também foi discutido o Porto de Luís Correia, que trará grande desenvolvimento para o Piauí.
Segundo o presidente da DTA, João Acácio, essa indústria se desenvolve na região do município de Pavussú e Eliseu Martins e, além da produção desses móveis, ela trabalha com a produção do eucalipto e o reflorestamento do mesmo para a biomassa.  “Eu trouxe para o governador a peça “001”, com design de mestres italianos que estão morando no interior do Piauí e fazendo móveis com a madeira nativa, madeira maciça e da marca madeira de lei. Ele ficou satisfeito e quer que os mestres italianos ministrem cursos para preparar as comunidades para essa especialidade”, conta João Acácio.
Ainda de acordo com o engenheiro, essa é uma madeira em extinção e por isso eles estão trabalhando de modo a dar um uso nobre para ela, a fabricação de móveis, além de atuar com o reflorestamento e a produção de eucalipto. Além disso, o desenvolvimento dessa indústria vai gerar empregos diretos e indiretos com geraração e distribuição de renda, bem como a receita de exportação. Com o envolvimento com o Governo do Estado, deve-se construir e ativar o Porto de Luís Correia.
O secretário Luís Coelho esclareceu que esse é um projeto de grande interesse para o Piauí porque, além de tirar produtos piauienses do anonimato, o engenheiro João Acácio é empresário com grande experiência na área portuária. “Nós acertamos que o João Acácio fará um pré-trabalho no sentido da gente viabilizar o Porto de Luís Correia”, explica Luís Coelho.
Fonte: Teresa Albuquerque-CCom

Deixe uma resposta