Governo Wellington Dias paga famílias de agricultores cadastradas no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)

Arquivado em: Geral,Politíca |
Governo Wellington Dias paga famílias de agricultores cadastradas no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)

Agricultores familiares são o público alvo do programa do governo federal (foto: Conab/Divulgação)

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR), realizou o pagamento a 1.300 famílias de agricultores e agricultoras cadastradas no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), conhecido como Compra Direta, referente aos meses de novembro e dezembro de 2016.
Segundo o balanço divulgado pela Secretaria, 1.300 famílias de agricultores, de 97 municípios, foram beneficiadas com a compra de produtos pelo PAA. Foram adquiridos pelo Governo, através do programa, 911.900,41 quilos de alimentos, distribuídos para 130 Instituições e Entidades de Assistência Social que atendem famílias carentes. O valor total do pagamento aos agricultores e agricultoras pela compra dos produtos é de R$ 2.954.326,05.
A agricultora Maria dos Remédio Souza Lima mora na zona rural de Teresina e produz doce de caju e sequilhos, vendendo esses produtos para o PAA. “Nosso grupo de cinco pessoas vendia antes nas casas com a cesta na cabeça e depois que conseguimos o cadastro. A maior parte da venda é para o Compra Direta. Nossa vida melhorou muito já que este dinheiro contribui na despesa da casa”, contou.
O diretor do Programa de Aquisição de Alimentos da SDR, Durval Gomes informa que, neste ano, quase um milhão de famílias carentes foram beneficiadas no Piauí, recebendo os produtos por meio das Instituições de Assistência Social e mais de cinco mil famílias venderam seus produtos diretamente para o governo através do PAA. “Este é um Programa Fundamental que continua contribuindo para acabar com a situação de pobreza no país. As famílias agrícolas são beneficiadas comercializando seus produtos e famílias carentes recebendo produtos de qualidade por meio do trabalho e parcerias com Sindicatos, prefeitura, Emater e instituições”, descreveu.
Durval informou ainda que a SDR já está se mobilizando para solicitar recursos ao Ministério do Desenvolvimento Agrário para a execução do programa em 2017.

Fonte: Edna Maciel – CCOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *