MEC define Pré-escola como prioridade para 2016

Arquivado em: Educação,Geral |
 ( Foto: Raoni Barbosa)

( Foto: Raoni Barbosa)

Em visita à Unidade Escolar Augustinho Brandão, em Cocal dos Alves, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, garantiu que a grande meta para a educação em 2016 é o ensino infantil, a pré-escola. Segundo o ministro, o Brasil tem 700 mil crianças fora da pré-escola e a meta é preparar bem as crianças para a alfabetização.
Mercadante destacou que ensinar a ler e escrever ainda é um grande desafio. “30% das crianças brasileiras não consegue escrever. A nossa outra prioridade é formar os professores, vamos dar 86 mil bolsas para os estudantes de pedagogia para melhorar a aprendizagem”, frisou.
Em seu discurso, o ministro garantiu a destinação de recursos do Governo Federal para a construção do Laboratório de Informática da Escola Augustinho Brandão. “A responsabilidade do laboratório é nossa. Temos uma proposta de aumentar a oferta de cerca de 400 mega para permitir que os alunos tenham acesso à internet de qualidade”, explicou Mercadante.
O governador Wellington Dias declarou que sua gestão está acertando o plano de educação até 2018, a fim de estruturar as unidades escolares do Piauí e que a visita do ministro ao Piauí no Dia dos Professores representa um grande reconhecimento do trabalho dos professores para melhorar a educação no estado. “O Piauí atinge uma nota de qualidade acima da média nacional e nós queremos aprender com quem faz bem, queremos levar o exemplo da escola Augustinho Brandão para todo o Brasil”, declarou Dias.
Em seu discurso, o ministro garantiu a destinação de recursos do Governo Federal para a construção do Laboratório de Informática da Escola Augustinho ( Foto: Raoni Barbosa)
Durante a visita à escola, o governador inaugurou a quadra poliesportiva e a reforma do colégio e anunciou o investimento de R$ 1,3 milhão para a construção, na escola, da sede da Universidade Aberta do Brasil (UAB), que levará ensino técnico e superior ao município. Além disso, Dias autorizou o asfaltamento do Centro da cidade à escola e a instalação de um ponto de cultura no local. 
 Fonte: Celina Honório=CCom

Deixe uma resposta