Mensalidades em autoescolas no PI poderão ficar até 70% mais caras

Arquivado em: Geral,Piauí |
Imagem: Reprodução/Google

Imagem: Reprodução/Google

A partir de janeiro, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) emitida pelos Departamentos de Trânsitos (DETRAN), em todo o país, receberá uma série de novos elementos de segurança no intuito de inibir a ação de falsificadores.
A nova medida pode encarecer o valor cursos em até 70%. Isso quer dizer que de R$ 1,4 mil, que é o valor médio cobrado atualmente pelas autoescolas no Piauí, o custo de uma habilitação categoria B, pode chegar a R$ 2,6 mil.

De acordo com o Detran-PI, que emite mensalmente quase 12 mil carteiras de motorista, a mudança no modelo da CNH não irá elevar o valor das taxas necessárias para a retirada do documento no órgão.

“Vão ter requisitos que vão ser vistos através de luz negra, através de raios ultravioletas, terão altos-relevos e micro impressões que é justamente para dificultar a falsificação”, explicou o diretor de habilitação do Detran-PI Carlos Edílson.

Por outro lado, conseguir passar por uma autoescola vai ficar mais caro. Isso, porque, a partir do dia 2 de janeiro as autoescolas serão obrigadas a utilizarem simuladores de direção veicular e câmeras de monitoramento na preparação dos novos condutores.
As empresas que terão que repassar o custo para os usuários disseram que a resolução foi aprovada para melhorar a formação dos condutores nas autoescolas.
“É necessário porque foi uma exigência do Conselho Nacional de Trânsito que o candidato a CNH passe por mais esse currículo”, disse o presidente da associação das autoescolas do Piauí, Evaldo Ferreira.

Fonte: G1.com – Leia mais aqui

Deixe uma resposta