Ópera promove resgate cultural no Parque Nacional da Serra da Capivara

Arquivado em: Geral,Piauí |

Imagem Joaquim Neto

Música, dança, teatro e cinema reunidos em um dos mais belos cenários naturais do Piauí: anfiteatro Pedra Furada, no Parque Nacional da Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato. De 27 a 29 de julho, a cidade recebe a primeira edição da Ópera da Serra da Capivara.
“A cidade já sediou grandes eventos internacionais e merecia esse presente. A Ópera é um grande encontro de diversas manifestações culturais e deve se consolidar no calendário de eventos do Piauí”, diz o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo.
O secretário fez uma visita ao anfiteatro nessa quinta-feira (6) e tratou dos últimos detalhes da organização, junto com a coordenadora da Ópera da Serra da Capivara, Sádia Castro. “Estamos checando toda a logística do evento, incluindo a sinalização de acesso ao parque, bem como a garantia de segurança ao público que estará presente”, completa Fábio Novo.
O evento é uma realização do Governo do Estado, por meio das secretarias de Estado da Cultura (Secult) e do Turismo (Setur), com apoio da Prefeitura de São Raimundo Nonato. A ópera é direcionada a todos os públicos e tem entrada gratuita até o limite da capacidade do local, de mil pessoas por noite.
O objetivo é levar uma programação cultural de boa qualidade para outros lugares longe dos grandes centros produtores de cultura e, ainda, impulsionar e fortalecer o turismo no entorno do Parque Nacional da Serra da Capivara e incrementar o potencial econômico da região. A programação começa às 19h e se estende até meia-noite.
No anfiteatro, o palco tem como fundo a paisagem da Pedra Furada. Na frente, serão instaladas arquibancadas para o público que vai assistir aos espetáculos. Também serão montados camarins e uma sala de imprensa.
“Cada noite será batizada com um nome característico do lugar que servirá de inspiração para a iluminação da Pedra Furada, por meio do recurso gráfico do vídeo mapping, o que se constituirá como mais uma das atrações do evento, ou melhor, um espetáculo à parte. A ópera terá uma grande estrutura e muitas emoções”, afirmou Sádia Castro.
Mais informações no site do evento: www.operadaserradacapivara.com.
Programação:
As noites da Ópera da Serra da Capivara serão temáticas. Os espetáculos terão denominações de importantes circuitos turísticos e arqueológicos do lugar.
27 de julho – Noite do Baixão das Andorinhas
19h – Ato ancestral, O espetáculo
19h50 – A Opereta da Pedra do Reino do Futuro – crianças das escolas municipais de São Raimundo Nonato
20h50 – Trio que Chora – São Paulo
22h10 – Lenine – Rio de Janeiro
28 julho – Noite da Trilha Hombu
19h – Ato ancestral, O espetáculo
19h50 – Bossa na Pedra: uma homenagem a João Gilberto – Veikko von Furstenrencht – Suécia/Teresina
20h50 – Quartchêto – Rio Grande do Sul
22h10 – Casuarina – Rio de Janeiro
29 de julho – Noite do Desfiladeiro da Capivara
19h – Ato Ancestral – O espetáculo
19h50 – Atração local
21h – Chico Terto – Ópera primitiva – Paris/Teresina
22h – Nikolas Krassik – França/Rio de Janeiro
Encerramento: Orquestra sinfônica de Teresina – Cantata Gonzaguiana

Fonte: Juliana Nogueira – CCom