Sesapi e UFPI lançam edital para residências médicas em Parnaíba

Arquivado em: Geral,Piauí |
Imagem: reprodução/Google

Imagem: reprodução/Google

A Secretaria de Estado da Saúde e a Universidade Federal do Piauí (UFPI) lançaram, nesta sexta-feira (10), edital para abertura de vagas para o programa de residência médica nas especialidades Clínica Médica e Cirurgia Geral no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba. Com isso, serão implantados os dois primeiros cursos de residência fora da capital. Na ocasião, também foram entregues equipamentos para o hospital.
“É a primeira vez que os serviços de residência médica são feitos de forma descentralizada no estado do Piauí, só tínhamos esse serviço ofertado nos grandes hospitais da nossa capital, mas, por todo esse projeto de reestruturação da rede hospitalar aqui na planície litorânea, tivemos as condições de implantar essa formação. Então, é um avanço significativo para o  Piauí e para a saúde pública, porque resulta na melhoria do atendimento dos pacientes e também melhora e qualifica a rotina dos profissionais que ali trabalham”, disse o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa.
As inscrições serão realizadas no período de 13 a 16 de fevereiro, com duas vagas para cada especialidade. As provas ocorrerão no dia 19 de fevereiro, com início das aulas previsto para março. O Heda está credenciado pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM/MEC).
Na oportunidade, o secretário da Saúde entregou equipamentos e mobiliários para o Hospital Dirceu Arcoverde. “Já obtivemos vários avanços no hospital, como os serviços de terapia intensiva neonatal, a aquisição de novos equipamentos que entregamos agora, importantes para atender tanto a parte de cirurgias, como também na área de obstetrícia, para que assim possamos cada vez mais ofertar um serviço de excelência nessa região”, disse Francisco Costa, que também ressaltou que em 2016 foi implantado em Parnaíba a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) para tratamento do câncer na região, que é um tratamento de alta complexidade. 
Confira aqui o edital.

Fonte: Denise Nascimento – Ccom

Deixe uma resposta