Setre fecha parceria para ofertar linha de crédito a microempreendedores

Arquivado em: Geral,Piauí |
setre
Equipe da  Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Setre) realizou, na sexta-feira (03), reunião com o diretor financeiro do Sicoob, Hugo Alexandre. O encontro teve o objetivo de prestar uma consultoria para os microempreendedores e empreendedores atendidos pela Setre e Agência de Empreendedorismo (AgE), como forma de firmar parceria com esses. Além do diretor de Empreendedorismo da Setre, Laécio Maia, participou do encontro o secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo, Gessivaldo Isaías.
A AgE é uma das coordenações da Setre e tem como finalidade trabalhar com pequenas empresas e fomentar a cultura empreendedora da população teresinense. Tem como principal público, o pequeno empresariado interessado em investimentos de pequeno e médio porte.
De acordo com Gessivaldo Isaias, a intenção é ter uma unidade do Sicoob dentro da AgE. “A expectativa de firmar a parceria com o Sicoob é de que, com isso, consigamos colocar dentro da Agência de Empreendedorismo todo o apoio de créditos, microcréditos, planos de saúde e todos os benefícios que a cooperativa pode oferecer aos nossos cooperados”, afirma o secretário.
Com o objetivo de conseguir levar mais parcerias para dentro da AgE, após algumas conversas com o diretor financeiro do Sicoob, Hugo Alexandre, a direção de empreendedorismo da Setre contactou a cooperativa financeira que, prontamente, se disponibilizou para prestar essa consultoria para esses microempreendedores da AgE e interessados em firmar parceria também.
“A principal necessidade que o microempreendedor tem, no Brasil todo, é ter entidades de apoio que consigam prestar, além da consultoria, a formalização do seu negócio. E dessa forma, essa parceria que a Sicoob firmará com a Agência vem para levar ao microempreendedor e empreendedor individual essa ampliação de horizontes e oportunizar o acesso ao crédito e serviço bancário com um custo mais barato”, explica Hugo Alexandre, diretor financeiro do Sicoob.

Fonte: José Uchôa e Valéria Neves – Ccom

Deixe uma resposta