Veja dicas para transar em pé e quais as vantagens da posição

Arquivado em: Entretenimento,Geral |

Imagem ilustrativa – Google Imagem.

Os brasileiros ainda não apreciam muito este clássico dos Estados Unidos. Repare: em quase todos os filmes americanos com cenas de sexo, existe alguém transando de pé.
Mas quais as vantagens de transar em pé?
Primeiro, claro, o valor estético. É um sexo bonito, fica bem na câmera. Depois, tem o fetiche, a pegada diferente, aquele encaixe novo. E por último, mas não menos importante, o ganho em condicionamento físico. Você transa e treina! Porque é sempre necessário um esforço para o encaixe, podendo ir do nível amador ao nível hard.
Encaixe por trás
A moça se apóia com as mãos na parede e o parceiro a penetra por trás. Muito fetiche, pode envolver uma boa pegada nos cabelos. É necessário o casal ter aproximadamente a mesma altura. Se a mulher for muito menor, procure um degrau.
Pinto grande. O encaixe depende de um certo comprimento para chegar até lá e não escapar.
Nível hard
Anal (opção que favorece pintos curtos)
Encaixe pela frente com apoio
Utilizando um degrau, pia, mesa ou outro apoio para erguer a moça, o parceiro a penetra pela frente. Ótimo contato físico entre os corpos. É necessário apoio de altura adequada para o tamanho do casal.
Encaixe pela frente sem apoio
O homem levanta a mulher do chão e a penetra, enquanto ela envolve o seu quadril com as pernas. As costas da mulher de apoiam na parede. É necessário homem forte e/ou mulher leve.
Nível hard
Fazer sem o apoio da parede.
Fonte: Com informações de Mais de Trinta